Home

Como evitar as dores musculares

Como evitar as dores musculares

Como evitar as dores musculares

As dores musculares, em quase todas as circunstâncias, são o reflexo de que não cuidou do seu corpo como devia, seja procedendo a esforços excessivos e irresponsáveis, seja deixando-se tomar pelo sedentarismo e pela falta de exercício físico ou por outros erros.

Estes factores são, muitas vezes, decisivos e determinantes para que as tensões musculares surjam e se instalem, podendo ser apenas o início de males mais graves.

Perante isto, já percebeu que há diversas atitudes que pode e deve tomar no seu dia-a-dia e que o podem ajudar a reduzir as possibilidades de vir a sofrer de dores musculares.

Deixamos-lhe de seguida algumas dicas para poder evitar as dores musculares

Saia de casa e faça exercício

A prática continuada de exercício físico é uma excelente ideia para promover uma melhor saúde global e, logo, para evitar o aparecimento de tensões e dores musculares. Exercitar os músculos de forma regular ajuda a proteger o corpo contra as tensões e os esforços que possa vir a executar futuramente.

Mas, é importante que saiba exercitar-se. Não vá querer chegar ao ginásio, no seu primeiro treino, logo a partir a loiça toda! Deve começar gradualmente, dentro das suas possibilidades, pois, caso contrário, poderá potenciar o aparecimento de lesões musculares.

Os exercícios desmedidos ou desadequados à sua compleição e experiência em termos desportivos poderão causar problemas graves e permanentes. Por isso, convém ter cuidado!

Nunca descure o aquecimento

Ainda neste capítulo da prática desportiva, é conveniente que tenha sempre presente a importância de fazer um bom aquecimento, antes de entrar propriamente na rotina de exercícios. O aquecimento ajuda os músculos a entrarem no ritmo do treino, o que permitirá evitar as lesões e dores musculares mais comuns.

Muitos dos problemas que surgem neste âmbito, nomeadamente entre praticantes desportivos, resultam de aquecimentos desadequados ou inexistentes. Os exercícios de alongamento são sempre uma boa opção, neste capítulo, seja antes ou depois do treino, ajudando os músculos a relaxarem, quer para entrarem em acção (prevenção), quer para a fase de descanso.

Conheça os seus limites

Não há mal nenhum em querer ultrapassar os seus próprios limites, pôr-se à prova e desafiar-se constantemente, mas é preciso que conheça até onde pode ir. Não queira dar um passo maior do que a perna, carregando o que não pode e exercitando-se por mais tempo do que devia e com uma intensidade demasiado forte para aquilo que está habituado.

Urge que conheça o seu corpo e que saiba com racionalidade, e até alguma humildade, até onde pode e deve ir. Procure melhorar e evoluir gradualmente.

Aposte em hábitos de vida saudáveis

Não beber álcool, nem consumir açúcar em excesso, bem como não ingerir qualquer tipo de droga ou de substância química perniciosa é uma óptima medida para evitar as dores musculares. Não quer dizer que não possa beber um copo com os amigos, socialmente, mas é importante que o faça com moderação. O bom senso é sempre a melhor forma de regular a sua vida.

Tenha atenção ao que come

Levar a cabo uma alimentação saudável é um passo essencial para não ter problemas de saúde. Uma ideia que se estende às dores musculares – uma boa forma de as evitar é comendo de forma sadia, sem exagerar no açúcar e no sal. Aposte em refeições diversificadas, com grande quantidade de legumes, e se pratica desporto físico com intensidade é importante que consuma proteínas quanto bastem, pois estas ajudarão a prevenir lesões musculares. E beba bastante água.

Cuide do seu sono

Um bom sono revigorante é um elemento fundamental para enfrentar um quotidiano intenso e também para evitar os males do foro muscular. Deve procurar dormir oito horas por noite, em média, num colchão confortável que lhe mantenha o corpo na postura adequada, com bom apoio da cabeça e pescoço, evitando assim as tensões musculares.

Dr. Fabrício Almeida

Artigo revisto em 10-12-2014 por Dr. Fabrício Almeida, Ortopedista na Clínica do Arcos.

 

Qualquer imprecisão, incorreção ou adenda a esse artigo devem ser comunicados atráves dessa página.


Patrocínios

3 Comentários

  1. O seu nome says:

    Vc esta de parabens.

  2. esio says:

    TENHO ÉRNIA DE DISCO SINTO FORTES DOR NO PEITO E TENHO DEPRESSÃO PODE ESTAR ASSOCIADO A ISTO A PRESSAO É NA FAIXA DE 10 08

O que achou do artigo?